Avenida Rangel Pestana, em Santos, é liberada após pavimentação

Foi liberado, na manhã desta sexta-feira (14), o tráfego de veículos na Avenida Rangel Pestana após a conclusão, durante a noite e a madrugada, dos serviços de renovação asfáltica no trecho entre as vias Ana Costa e Waldemar Leão, na Vila Mathias.

A nova pavimentação havia iniciado na quarta-feira (12), após a fresagem (remoção do asfalto antigo) de seus 4.802,6m², realizada no fim de semana. “Só ficou faltando um trecho de aproximadamente 100 metros do lado direito da via, onde foi assentada uma segunda rede de drenagem, uma vez que o piso ainda não dispõe da resistência necessária para receber a nova pavimentação”, explicou a arquiteta Marta Moura Ribeiro Leite Flores, da Secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos (Seinfra), responsável pela supervisão das obras.

A pintura da sinalização de solo também já foi iniciada nas imediações da Arena Santos e será concluída nos próximos dias. Com o novo revestimento asfáltico, a Prefeitura conclui o projeto de revitalização da via, que envolveu também renovação dos passeios no padrão Calçada para Todos e assentamento de uma segunda rede de drenagem para captar e encaminhar, com maior eficiência, a água pluvial proveniente do Monte Serrat. Com cerca de 100m, entre o número 140 e a Rua Antônio Bento, a segunda rede foi assentada do lado direito da rua, sentido túnel, paralelamente à já existente. A nova rede foi interligada à tubulação que conduz a água das chuvas para o canal da Avenida Francisco Manoel.

Tendo em vista o elevado fluxo de veículos em direção ao Centro nesse trecho da Rangel Pestana, os serviços de demolição de 3.103,5m² dos passeios e sua reconstrução foram divididos em etapas e a via ganhou 1.034,5m de novas guias e sarjetas. Já a fresagem foi realizada no fim de semana, quando há menos trânsito na área. As intervenções contaram com planejamento conjunto com a CET, de forma a não provocar obstruções que possam impactar no conjunto de obras em execução na Cidade.

O projeto da Prefeitura envolveu também a execução de 117m² de piso rígido em concreto armado na parada de ônibus, material mais resistente para as baias, tendo em vista a constante frenagem e aceleração dos veículos. “Esses locais acabam sofrendo uma deformação natural, tendo em vista o desgaste que ocorre”, explicou a arquiteta. Antes da entrega oficial das intervenções pela empreiteira, toda a área passará por inspeção, a fim de verificar a necessidade de eventuais reparos, sobretudo nas calçadas, prosseguiu Marta Leite Flores.

A Rangel Pestana agora conta com rampas de acessibilidade e os serviços abrangeram também renivelamento dos poços de visita e recuperação das bocas de lobo. Poço de visita consiste em uma câmara instalada nas tubulações de redes de águas pluviais ou coletoras de esgoto, permitindo visitas técnicas para manutenção preventiva ou corretiva. As intervenções se completam com o plantio de árvores, melhorando a arborização da via.

As obras estão a cargo da empreiteira Ferreira Marques, vencedora da concorrência pública. O investimento é de R$ 2.234.469,36, sendo R$ 1.839.837,56 provenientes da Secretaria de Governo e Relações Institucionais, do Estado, e o restante, do orçamento municipal.

Esta iniciativa contempla os itens 9, 10 e 11 dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da ONU: Indústria, Inovação e Infraestrutura; Redução das Desigualdades, e Cidades e Comunidades Sustentáveis. Conheça os outros artigos dos ODS.