Santos anuncia novas tecnologias para melhorar trânsito e sincronismo de semáforos

Cidade inteligente. Santos anuncia novas tecnologias no trânsito. Fotos: Isabela Carrari/PMS

Semáforos modernos e 100% sincronizados em até quatro meses e nova tecnologia para gestão do trânsito já em funcionamento na Cidade. As novidades foram anunciadas pela Prefeitura de Santos, nesta segunda-feira (27), em apresentação no seu Centro de Controle Operacional (CCO).

Oitava colocada entre as cidades mais inteligentes do País, Santos deu início a um antigo pedido dos moradores, o sincronismo semafórico, com uso de recursos avançados de tecnologia e renovação dos semáforos.

“Estamos trocando todos os semáforos da nossa cidade por modelos com alta tecnologia, ligados ao Centro de Controle Operacional, permitindo que, à distância, possamos controlar o trânsito”, explica o prefeito Rogério Santos.

A Cidade substituiu o sistema de controle semafórico, implantado há mais de 20 anos, com funcionamento de comunicação via cabeamento telefônico, por outro moderno, via tecnologia celular.

Por meio da parceria entre a Administração Municipal e o Waze for Cities, a Central de Controle de Operações da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET-Santos) já recebe toda a comunicação sobre o trânsito feita pelos motoristas logados no aplicativo de mobilidade Waze. Tudo em tempo real, o que possibilita mais agilidade em decisões para solucionar interferências no trânsito como acidente, veículo quebrado na via, alagamentos, semáforo com problema e outras situações.

“É mais uma inovação de Santos. O uso dessa ferramenta representa melhoria da qualidade de vida com o avanço da mobilidade”, destacou o prefeito, lembrando a posição de destaque da cidade entre as mais inteligentes do País.

Conforme o presidente da CET-Santos, Antonio Carlos Silva Gonçalves, a introdução das modernas tecnologias significam um grande avanço para a gestão do trânsito. Ele salientou que dos 4.274 cruzamentos de Santos, apenas 438 são semaforizados e, com a modernização, os equipamentos poderão ser operados a partir da central da Companhia, possibilitando ajustes e alterações em tempo real para maior fluidez nas vias.

Ele também destacou que, com os recursos das plataformas Waze e Google, diversas ferramentas avançadas serão incorporadas à central da CET, que se tornará mais dinâmica na adoção de soluções e, com a gama de informações recebidas, atuará de forma mais assertiva.

“Quanto mais os motoristas que dirigem pela Cidade usarem o Waze, mais informações vão nos fornecer para tomada de decisões. Ou seja, quanto mais rápido recebermos os dados, mais rápido será a resposta para auxiliar na mobilidade urbana. Por isso é importante que o motorista ao sair com o seu veículo já ative o Waze”.

Conforme o Renato Rappoli, gerente comercial da 4Smart Cloud, parceira Google, Santos é uma das sete cidades do Brasil a implementar a tecnologia Waze para trabalhar os dados de mobilidade. No exato momento da apresentação, mais de 1.400 motoristas em circulação em Santos estavam conectados no aplicativo, dando ideia do volume de informações que podem ser recebidas, em tempo real.

Esta iniciativa contempla o item 9 dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da ONU: Indústria, Inovação e Infraestrutura. Conheça os outros artigos dos ODS.